CÂNTICO XIII

Renova-te.
Renasce em ti mesmo.
Multiplica os teus olhos,
Para verem mais.
Multiplica os teus braços,
Para semeares tudo.
Destrói os olhos que tiverem visto.
Cria outros,
Para as visões novas.
Destrói os braços que tiverem semeado,
Para se esquecerem de colher.
Sê sempre o mesmo.
Sempre outro.
Mas sempre alto.
Sempre longe,
E dentro de tudo.

Cecília Meireles

2 comentários:

Cristina Binotto Martinazzo disse...

Você simplesmente é mágico!
Foi tua esta arte?
Parabéns, não vejos a hora de poder pagar pra ti fazer o meu logo!
Tenho certeza que pagarei com gosto!
Beijos!
Cris.

Menino Falk disse...

Cristina, a arte apresentada não é minha. Ela pertence a um jovem do Ateliê Gabiarra. Eu o conheci na semana do artesanato do UniCeub. Fiquei tão encantado com o trabalho dele, que comprei alguns cartões.

MEU PAPEL É SER SUA COMPANHIA.
falkbrito@gmail.com