"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”
Fernando Pessoa

Um comentário:

Yumi Arteira! disse...

Falk chan, querido menino!

Nossas vidas são como caixinhas, com um certo limite para armazenamento, e sempre temos que renovar o conteúdo, principalmente jogar sentimentos ruins, para dar espaço para tudo que é bom!

E sobre meu tag, é um trevinho mesmo, e de 4 folhas para dar sorte à todos!!!

Bjossss

MEU PAPEL É SER SUA COMPANHIA.
falkbrito@gmail.com