Não tem remédio melhor para cicatrizar as minhas “feridas” que pegar minha bolsa, minha máquina digital, minha “gaveta de bolso¹” e meu maço de papéis de origami e ir para a rua. Ontem, minha tarde foi tão agradável que esqueci o bate-boca com o meu pai.


"Porque só com muita manha e muito amor você faz a vida mais doce"
(Amor aos Pedaços)

1. "Caderno de anotações genéricas para quem tem pânico de página em branco. Diário de gravidez para não grávidas. Sonhário para não hippies. Uma forma moderna e eficiente de engavetar as suas ideias logo que elas surgem, coletando da fonte. Com a frustração a gente trabalha depois. Lentamente."
(Juliana Cunha)

4 comentários:

Anônimo disse...

Adoro Cristiane Lisboa...ela fala com o coração que vc até chega a sentir o sabor das emoções!
Kedna

Raffaela Loffredo disse...

Acho lindo o seu mundo! Consegues expressá-lo de uma forma tão suave e colorida!
Parabéns!

Bom final de semana,
Origami Curitiba
origamicuritiba.blogspot.com

Anônimo disse...

Me lembrou azulejos portugueses... adoro froebelar também... abração
César
ps: sem falar na sua poesia..:)

Falk Brito disse...

Agradeço a todos pela visita e pelo carinho. Espero vê-los outras vezes em minha morada. Abraços.

MEU PAPEL É SER SUA COMPANHIA.
falkbrito@gmail.com